segunda-feira, 30 de maio de 2011

ATENÇÃO PROFESSORES!
PRÓXIMA FORMAÇÃO NOS DIAS 6 E 10 DE JUNHO. AGUARDAMOS VOCÊS!

terça-feira, 24 de maio de 2011

Oficina Jogos e Esportes Alternativos


No dia 23 de maio aconteceu a 2ª Oficina de Educação Física Escolar da REME, ministrada pelo professor Alexndre Rios Ferreira, sobre Jogos e Esportes Alternativos. Foram desenvolvidas várias propostas pedagógicas de esportes alternativos adaptados à escola, como: badminton, esgrima, capoeira, luta greco- romana e rugbby.



Enfatizamos que a oficina foi um sucesso, visto que os professores destacaram nas avaliações o bom encaminhamento da atividades .

Diante dessa experiência exitosa informamos que a partir de hoje todos os professors podem votar para escolher o tema para a próxima oficina.





Parabéns a todos os participantes!


Prefeitura entrega material didático aos alunos do projeto Traje

Uma solenidade animada na manhã de hoje (23/05), com apresentações musicais, marcou a entrega do material didático aos alunos do projeto Traje – Travessia Educacional do Jovem Estudante – na Escola Municipal Osvaldo Cruz. A elaboração do conteúdo didático levou em conta a proposta curricular do projeto: atender os adolescentes, na faixa etária entre 15 a 17 anos que ainda não concluíram o ensino fundamental. “Este material foi construído a partir das experiências e estudos dos professores do Traje. Espero que vocês, alunos do projeto, avancem e façam a travessia educacional de forma tranqüila”, manifestou o prefeito Nelson Trad Filho durante a solenidade.

A superintendente de Gestão de Políticas Educacionais da Semed, Ângela Brito, informou que o conteúdo didático do Traje foi idealizado pensando nos adolescentes que participam do projeto. “Nosso objetivo é que esse material propicie aos estudantes condições de continuar a travessia de vida, tanto nos estudos quanto no mercado de trabalho”.

Josiane de Souza, 17 anos, demonstra entusiasmo quando fala das aulas do Traje. “O desempenho dos professores nos ajuda muito. O objetivo aqui não é reprovar, é nos preparar para seguir em frente, para continuar os estudos”, considerou.

A psicóloga Raquel Danzer trabalha temas relacionados com o cotidiano dos alunos adolescentes. “Falamos sobre sexualidade, drogas, bulying, violência, cultura da paz, e procuramos aumentar a auto-estima dos jovens, Principalmente pelo histórico que apresentam de reprovações”, pontuou.

“Trabalhamos a problematização, a realidade dos estudantes, todas as disciplinas são direcionadas para o mercado de trabalho”, argumentou a professora do Traje, Adriana Moraes.

O adolescente Antonio Vinicius Vicente, 16 anos, ficou dois anos sem estudar e pensa agora em recuperar o tempo perdido. “Quero terminar o ensino fundamental, fazer o ensino médio e tentar a faculdade de educação física ou arquitetura”, revelou.

Material didático – a coletânea é composta de 14 volumes e reúne informações nas seguintes áreas do conhecimento: língua portuguesa, educação física e lazer, matemática, ciências, história, geografia, língua estrangeira (inglês), artes, desenvolvimento social e informática.

O Traje é desenvolvido na escola Osvaldo Cruz, que passou por reformas para atender às finalidades do projeto. A instituição de ensino abriga 843 alunos distribuídos nos três períodos (matutino, vespertino e noturno).

Estavam presentes no evento a diretora da escola Osvaldo Cruz, Neusa Martins, a secretária municipal de educação, Maria Cecilia Amendola da Motta, o secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Rodrigo de Paula Aquino, e representantes da Associação de Moradores do Jardim Noroeste.

Fonte/Autor: Júlia Torrecilha Mtb/MS




sexta-feira, 6 de maio de 2011

Mais Aulas de Educação Física Melhoram o Rendimento Geral na Escola.

 


Amigos.. quem anda recomendando mais aulas de Educação Física são os pediatras. E não é só por causa da saúde. Este estudo trata de atividades criativas e rendimento geral na escola. No fim a entrada para a notícia orginal da Sciencedaily, para o artigo original e para o vídeo dos autoresdiscutindo a pesquisa (sim, está em inglês, aguardando que alguém faça as legendas) . Bom proveito.

Aulas de educação física melhoram rendimento escolar. Para o corpo e para a mente. 06/05/2011

Diminuir as atividades físicas e recreativas para que os estudantes fiquem mais tempo na sala de aula, em vez de melhorar as notas, tem um impacto negativo sobre o aprendizado.

A revelação foi feita durante a reunião anual das Sociedades Acadêmicas Pediátricas, que está se realizando em Denver, nos Estados Unidos.

O estudo reforça as evidências de que as atividades físicas são benéficas não apenas para o corpo, mas também para a mente.

Atividades físicas criativas

Kathryn King e Carly Scahill, pediatras do Hospital Infantil da Universidade da Carolina do Norte, testaram um programa de atividades físicas entre crianças do primeiro ao sexto ano, todas apresentando notas abaixo da média.

Antes do programa, as crianças tinham uma única sessão de atividades físicas de 40 minutos, uma vez por semana. As aulas de educação física foram estendidas para toda a semana - 40 minutos por dia, cinco dias por semana.

Mas não se trata apenas de correr, saltar ou fazer polichinelos. O programa envolve atividade de treinamento de movimentos, como traçar formatos no chão com giz ou dar nomes às cores de cada degrau enquanto saltam para baixo ou para cima por uma escada colorida.

Crianças maiores também participaram de exercícios monitorados em aparelhos, como uma esteira que mostrava noções de geografia enquanto a criança corria ou uma parede de alpinismo cujos números vão mudando conforme a criança ascende na escalada.

Mente sã em corpo são

As pesquis adoras compararam as notas dos estudantes em testes padronizados antes e depois do programa de atividades físicas.

Os resultados mostraram que o tempo investido nas atividades físicas e lúdicas tem bom retorno.

O percentual de estudantes que atingiu a nota mínima passou de 55% antes, para 68,5% depois da participação no programa.
.........................................
Fonte do texto em português  diário da saúde
Notícia original no Sciencedaily 
Para assistir ao vídeo do Dr. King e Dr. Scahill discutindo a pesquisa: clique aqui
Texto original
http://www.aap.org/advocacy/releases/pas2011/movementsun.pdf
PARCERIA
 
O Estudo tem como tema a cadeia produtiva da cana-de-açúcar e se destina às escolas públicas de 7º e 8º anos (antigas 6ª e 7ª séries) do Ensino Fundamental nos 100 principais municípios canavieiros do Centro-Sul do Brasil.
 
1° Encontro: 4 de junho de 2011 ( sábado) – 7h30min. às 11h30min. Auditório da SEMED
2° Encontro: a combinar com professores – previsão outubro.
INSCRIÇÕES de 14/5 até 31/5 ou quando completar as 40 vagas: e-mail:   geografia.cg@gmail.com   ou  ciencias.cg@gmail.com
Deve conter: Nome do professor, escola que trabalha e disciplina.
40 vagas.

PAUTA DA FORMAÇÃO DO MÊS DE MAIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE POLÍTICAS EDUCACIONAIS
COORDENADORIA DO ENSINO FUNDAMENTAL – 6º AO 9º ANO
PROGRAMA DE FORMAÇÃO REFLEXIVA
EDUCAÇÃO FÍSICA – 2011



                                                                                          Formadores:

                                                                                          Prof ªMsc. Cláudia Renata R. Xavier 
 Profª Esp.Christiane C. M. Fernandes
                                                                                     Profª Esp.Leize Demétrio da Silva
                                                                              Prof. Msc. Jorge Luis D Ávila
Data: 9 e 13  de maio de  2011

Tema: “A importância da formação continuada para os professores de Educação Física escolar e a relevância da integração da leitura na prática pedagógica para a formação do aluno.”

Palestrante: Profª Dra. Ângela Celeste Barreto Azevedo

Justificativa:

·        Integração e confraternização entre escolas da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande/MS, técnicos da Secretaria Municipal de Educação deste município e Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/ UFMS.

Objetivo Geral:

  • Incentivar o trabalho docente para uma prática pedagógica emancipatória que oportunize reflexão sobre a prática ao longo do processo educativo nas unidades escolares da REME.

Objetivos Específicos:                                                            

  • Discutir a importância da formação continuada, na prática docente de Educação Física.
  • Estabelecer relação dos saberes da Educação Física com a competência leitora.
7h45min /13h45min- Apresentação cultural

8h /14h-

  • Repasses: oficinas, entrega de certificados do ano de 2010.
  • Agradecimentos.
8h15min/14h15min - Início da palestra

9h45min/14h45min - Intervalo

10h/14hmin – Continuidade da palestra

11h/17h- Encerramento

Entrega do texto:

MUSTIFAGA, Maria Bernadete; GOETTMS Juliane. Leitura significativa – prática em todoas as disciplinas do currículo escolar Visão Global, Joaçaba, v. 11, n. 2, p. 195 – 216, jul/dez. 2008

Sugestões para leitura:

JARDIM, J. G; BETTI, M. A Construção do conhecimento Pedagógico do Conteúdo na Educação Física: Um estudo de Caso no Ensino Fundamental a partir da Proposta Curricular do estado de São Paulo. Anais do XV ENDIPE – Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino – Convergências e tesões no campo de formação e do trabalho docente: políticas e práticas educacionais. Belo Horizonte, 2010.
MARINHO, Vitor. O esporte pode tudo. São Paulo: Cortez, 2010. v. 3.

MOLINA, N. Cultura docente: uma aproximação conceitual para entender os professores nas escolas. Perfil, v.2, n.2, p. 66-74, 1998.
NÓVOA, Antonio. Formação de professores e profissão docente. In: _____. Os Professores e a sua formação. Lisboa: Nova Enciclopédia, publicações Dom Quixote, 1992.  (Coleção Temas de Educação, 39).

PÉREZ GALLARDO, J. S. et al. A Educação Física: contribuições á formação profissional. Ijuí: Ed. Unijuí, 1997.